top of page
Buscar
  • fgermini

CRIAÇÃO DE VALOR NA CADEIA DE UPSTREAM COM AVANÇOS TECNOLÓGICOS EM CONECTIVIDADE


Pensando em Otimização e Automação

A conectividade aprimorada tem potencial para aumentar o desempenho em toda a cadeia de valor upstream de petróleo e gás, permitindo otimização e automação.


A Otimização envolve o uso de todos os dados relevantes para tomada de decisões informadas. Aumentar os limites da otimização significa obter mais dados e processá-los mais rapidamente, o que requer mais sensores para coletar dados, mais largura de banda e mais capacidade de computação.


A Automação envolve o uso de máquinas automáticas ou semiautomáticas em vez de indivíduos para perfurar, inspecionar e manter equipamentos em ambientes operacionais de alto risco, como locações de perfuração e produção offshore ou onshore. Essas máquinas podem monitorar a si mesmas e compartilhar dados com um centro de controle onshore, onde a maioria de suas atividades é gerenciada remotamente, no entanto requer alta velocidade, para transferir os dados mais relevantes de volta à base.


Para ilustrar a diversidade da oportunidade facilitada pela conectividade avançada, podemos ilustrar cinco temas: tempo de perfuração, produção, manutenção preditiva inteligente, operações de campo aprimoradas e aprimoramento do planejamento. Cada um é uma combinação de casos de uso menores que, em nossa experiência de trabalho com o setor de petróleo e gás nos últimos vinte e cinco anos, têm o maior potencial de crescimento para uma operação típica de petróleo e gás upstream. Todos eles têm um elemento de otimização e automação e reduzem o custo por barril. Somente nessas áreas, cerca de US$ 250 bilhões de valor adicional ou incremental está em jogo globalmente, bem como sua contribuição na redução das emissões de gases de efeito estufa e maior resiliência operacional.


Movimentos estratégicos

As experiências de indústrias mais maduras na implantação de conectividade sugerem três abordagens para liberar valor da tecnologia em escala, usando conectividade aprimorada:


1. Investir em capacidades humanas e tecnologias futuras


A digitalização das operações requer novas habilidades para cumprir a promessa nossos exemplos de uso no setor de petróleo e gás. Engenheiros - indivíduos que podem conectar problemas de negócios com abordagens analíticas – precisarão de treinamento e, mais amplamente, as mentalidades e comportamentos do setor em relação à tomada de decisões orientadas por dados precisarão mudar. Alguns talentos, como especialistas em robótica e designers de produtos, podem precisar vir de fora da indústria.


Capitalizar o potencial das tecnologias de conectividade requer investimento em interoperabilidade de dados, realidade aumentada, veículos autônomos e robótica e instrumentação conectadas por redes sem fio.


2. Repensar modelos de negócios


Para possibilitar os benefícios trazidos pela digitalização e análise de dados usando conectividade aprimorada exigirá mudanças na estrutura da cadeia de valor. Os relacionamentos dentro da cadeia de valor também precisarão mudar. Por exemplo, as companhias de petróleo hoje pagam aos operadores de perfuração por dia, o que dá aos empreiteiros menos incentivo para priorizar a eficiência e reduzir o tempo necessário para perfurar um poço. A estrutura do setor precisaria mudar para liberar e compartilhar o valor criado com análise e conectividade – entre operadoras e perfuradoras, neste caso, e com fornecedores, de forma mais ampla.


3. Incentive a digitalização


A regulamentação pode criar incentivos para recursos digitais aprimorados no setor. Por exemplo, uma regulamentação mais rígida das emissões de carbona das operações e da cadeia de suprimentos pode estimular o investimento em conectividade para monitorar e reduzir as emissões.


Os reguladores podem incentivar o compartilhamento de dados e ajudar a orquestrar a educação e oportunidades de realocação para trabalhadores afetados pela automação. Em regiões onde a redução de custos é imprescindível para manter a competitividade, a regulamentação pode ser ajustada para acelerar os projetos-piloto.


Conclusão

As pressões de preço e aumento na demanda por petróleo e gás no meio da crise global de energia causado pela guerra na Ucrânia, tornam o valor potencial incorporado na conectividade avançada para exploração e produção mais importante do que nunca.


Isso exigirá um investimento de capital considerável em novas tecnologias. Também exigirá mudanças significativas na cultura organizacional, dados e práticas trabalhistas do setor, modelos de negócios e ecossistemas, bem como possíveis mudanças na regulamentação. É, em outras palavras, uma alta prioridade no setor de O&G. As centenas de bilhões de dólares de valor potencial que isso poderia desbloquear fazem com que tais investimentos e evolução valham a pena.


SE QUISER SABER COMO A A|F CONSULTING PARTNERS PODE AJUDÁ-LO COM A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL E OUTRAS QUESTÕES CRÍTICAS DA INDÚSTRIA DE O&G, NÃO HESITE EM ENTRAR EM CONTATO CONOSCO.




16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page