top of page
Buscar

Oil Boom 2021

Outubro 27, 2021


Em 20 de abril de 2020, durante o auge da pandemia COVID-19, o preço do barril de petróleo bruto WTI caiu 300% em um único dia de negociação, fechando em $ 37,63 negativos nos EUA. Na segunda-feira, 25 de outubro de 2021, o WTI abriu acima de $ 85 por barril, uma alta de mais de $ 120. Todo o mundo da energia mudou em 18 meses e, sem dúvida, mudará completamente novamente nos próximos 18 meses.


Uma coisa que está mudando agora, devido à grande influência da pressão dos investidores ESG, é de onde o petróleo e o gás estão vindo. Os Estados Unidos e os produtores corporativos internacionais, cada vez mais intimidados por essa pressão, não tem mais a mesma capacidade de responder com um aumento na oferta que normalmente seria esperada para preços tão altos das commodities.


No momento, a quebra de fornecimento está sendo preenchida por empresas estatais na América Latina, Oriente Médio e África. Essas empresas estatais não estão sob tanta pressão para reduzir a produção e as emissões. Isso porque, em parte, seus governos não estão tão focados em cumprir as metas estabelecidas no Acordo de Paris como os EUA e a Europa têm estado, e porque seus líderes políticos muitas vezes querem que essas empresas petrolíferas aumentem a produção para ajudar a pagar dívidas e financiar o governo programas e criar empregos.


Se esse é de fato o foco dos grandes países produtores de petróleo e NOCs, isso significa que pode levar décadas para que a produção de petróleo e gás comece a cair. Mas a realidade, como informou a Administração de Informações de Energia dos EUA (EIA) no início deste mês, é que a demanda por petróleo e gás natural em todo o mundo continua a crescer e provavelmente continuará crescendo até 2050 e além.


Mas, conforme previsto no início deste ano, quando se tornou evidente que estávamos entrando em um período de boom para os preços das commodities, à medida que a economia global voltava rugindo muito mais rápido do que os especialistas haviam projetado, a resposta da oferta foi silenciada devido às pressões sobre a indústria de o governo e grupos de investidores orientados para ESG, controladores do capital.


Essa pressão restritiva teve um impacto especial sobre as empresas exploradoras, que dependem muito dos mercados de capitais externos para financiar suas operações em andamento. A megatendência ESG está pressionando os investidores, o que restringirá os investimentos em O&G, independentemente de o preço do petróleo ser de $ 75, $ 80 ou $ 100 por barril. A realidade é que os acionistas vão punir as "Big Oil" se alguém voltar a aumentar a produção.


Por outro lado, as pressões relacionadas a ESG também estão desempenhando um papel importante no incentivo à indústria upstream para limpar sua matriz e reduzir as emissões, a queima de gás em breve será proibida de alguma forma, com algumas empresas já a eliminando em operações onshore. Ja vemos que várias empresas estão revisando suas métricas de remuneração por perfomance para recompensar os funcionários por atingirem as metas relacionadas a ESG.


Globalmente, as consequências do subinvestimento na descoberta e no desenvolvimento de novos recursos importantes de petróleo e gás natural estão apenas começando a aparecer. Grande parte da Europa atualmente teme uma crise energética total no inverno que se aproxima, causada por seus esforços prematuros para fechar as usinas de gás natural. A China e outras partes da Ásia encontram-se com escassez de gás natural e petróleo bruto à medida que o inverno se aproxima, e os preços de todas essas commodities continuam subindo à medida que os grandes países consumidores lutam para garantir o abastecimento.

Como diz o velho ditado, todo mundo tem um preço. Como os preços do petróleo e do gás natural continuam sua subida inexorável quase todos os dias, a questão agora é se até mesmo esses produtores corporativos chegarão a um ponto de preço em que reunirão coragem para informar seus investidores ESG que é hora de voltar a perfurar poços chegou !!!


21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page