top of page
Buscar

Petrobras desinveste campo de Papa-Terra


A Petrobras assinou contrato para vender sua participação de 62,5% no campo Papa-terra Deepwater localizado na Bacia de Campos, Brasil, para a 3R Petroleum Offshore SA, uma subsidiária integral da 3R Petroleum Oleo e Gas SA, por uma contraprestação de compra de US $ 105,6 milhões.

O valor da compra consiste em US $ 105,6 milhões, dos quais (a) US $ 6 milhões pagos na presente data; (b) US $ 9,6 milhões no fechamento da transação e (c) US $ 90 milhões em pagamentos contingentes previstos em contrato, relacionados aos níveis de produção do ativo e aos preços futuros do petróleo.

O campo Papa-Terra faz parte da concessão BC-20 e está localizado em lâmina d'água de 1.200 metros. Em 2021, o campo teve uma produção média de óleo e gás de 17.900 boed por meio de duas plataformas, a saber, P-61 tipo TLWP e P-63 tipo FPSO.

Atualmente, os parceiros no campo são Petrobras (62,5%, operadora) e Chevron (37,5%).

O Credit Agricole Corporate e Banco de Investimentos - Banco Credit Agricole Brasil S.A. (CA-CIB) foi contratado pela Petrobras como assessor financeiro para a alienação dos ativos.

A transação está em linha com a otimização do portfólio da Petrobras e a melhoria de sua alocação de capital, visando maximizar valor para seus acionistas.

O fechamento da operação está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, como a aprovação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Papa Terra é o primeiro passo em Águas Profundas para a operadora independente brasileira 3R Petroleum, que domina o cenário no Onshore após os desinvestimentos da Petrobras no Nordeste de Bazil.

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page